6 de maio de 2013

TODOS SÃO FILHOS DE DEUS?



TODOS SÃO FILHOS DE DEUS?

INTRUDUÇÃO:

Pequena seleção de versículos bíblicos para a definição do tema proposto “Todos são filho de Deus?” que tem o objetivo, não de menosprezar, ridicularizar ou criticar qualquer pensamento contrario a idéia proposta, e sim de esclarecer e instigar o debate saudável em relação os pontos de vista diferentes, desde que seja baseada na Bíblia, único instrumento de fé e prática para o cristão.



  1. Dentro da Doutrina de Deus, comprova-se e caracteriza-se um atributo que Deus tem que ser, para tomarmos a posição de filho, é necessário que Deus seja O PAI. A bíblia nos afirma que Deus é O PAI:


   A.     Os relacionamentos do Pai:
1.      Pai de toda a criação – “Pois nele vivemos, e nos movemos, e existimos, como alguns dos vossos poetas tem dito: Porque de também somos geração. Sendo, pois, geração de Deus, não devemos pensar que a divindade é semelhante ao ouro...” Atos 17:27-28;
2.      Pai da nação de Israel – “Dirás a Faraó: Assim diz o Senhor: Israel é meu filho, meu primogênito” Êxodo 4: 22;
3.      Pai do Senhor Jesus Cristo – “E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é meu filho amado, em quem me comprazo! Mateus 3: 17;

   B.     As obras especificas do Pai:
1.      Autor do decreto – “Proclamarei o decreto do Senhor: Ele me disse: Tu és meu filho, hoje te gerei.” Salmos 2:7
2.      Autor da eleição – “Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; em amor nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade” Efésios 1: 4-5
3.      Disciplina os filhos – “Alem disso, tínhamos os nossos pais segundo a carne, que nos corrigiam, e os respeitávamos; não havemos de estar em muito maior submissão ao Pai espiritual e, então, viveremos?” Hebreus 12: 9.

Sem dúvida Deus é O Pai, e percebe-se nos versículos acima que Deus faz questão de sempre identificar quem é ou quem são os seus filhos. Releia os versículos.

  
       2.  Comprovada que Deus é Pai, vamos tentar responder a pergunta deste estudo: Todos são filhos de Deus?  A crença que Deus é pai de todos os homens é quase que universal, mas um olhar um pouco mais detalhado das Escrituras percebe-se a existência de uma contradição entre este pensamento universal e o que Deus decretou e revelou através da bíblia. A seguir versículos que restringe a paternidade divina




João 3:11-12 – “Veio(Cristo) para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos os receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filho de Deus, a saber, aos que crêem no seu nome”.

Ou seja: Se os que receberam a Cristo, deu-lhes o poder de serem feitos filho de Deus é por que antes eles não eram. Conclui-se que o homem passa a ser filho de Deus a partir do momento que o recebe e crer em Cristo como o Messias, o Salvador, o Senhor;

Romanos 8: 14 – “Pois todos os que são guiados pelo Espírito Santo de Deus são filho de Deus.”

Ou seja: Só são filhos de Deus aqueles que possuem o Espírito Santo.

Efésios 1: 4-5  - “Assim como nos escolheu, nele, antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; em amor nos predestinou para ele, para a adoção de filhos, por meio de Jesus Cristo, segundo o beneplácito de sua vontade” 

Ou seja: Se Deus escolheu alguns para serem santos e adotados como filho, pressupõe que ele deixou alguém de fora, e estes não são filhos de Deus. Abrindo um parêntese, para herdar o reino dos céus é preciso ser filho de Deus, então Deus predestinou uns ir ao céu e outros não. 

Êxodo 4:22-23 – “Dirás a Faraó: Assim diz o Senhor: Israel é meu filho, meu primogênito. Digo-te, pois: deixa ir meu filho, para que me sirva; mas, se recusares deixá-lo ir, eis que eu matarei teu filho, teu primogênito”.

Ou seja: Deus escolheu a nação de Israel para ser seu povo, para conservarem o seu mandamento e influenciarem as outras nações, com isso Deus a toma o povo de Israel como filho e só a nação de Israel, as outras não se tornaram filhos de Deus,mas poderiam se tornar já que é a função de Israel. Referente a relação de Israel e Deus como Pai e Filho pode-se ler em Isaias 1:2-4; Deuteronômio 32:6; Jeremias 2:14, 31:9 e Osias 11.11.

Efésios 2:3b – “... e éramos por natureza, filhos da ira, como também os demais”

Efésios 5:8 – “ Pois, outrora, éreis trevas, porem, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz”.
Ou seja: Esses dois últimos versículos apontam de quem somos filhos por natureza, somos por natureza pecadores.

Penso que a pergunta foi respondida. A bíblia não deixa brecha para compreensão contraria, de que nem todos são filhos Deus e só os que reconhecem-o como Senhor e salvador de sua vida tem o privilegio de disser que é filho de Deus mediante a graça de Deus.

v               3.    Por falta de conhecimento das doutrinas bíblicas deixamos de desfrutar de muitas benções de Deus e nos escravizamos em tradições mal explicadas do senso comum. Só o fato de Deus permitir que nos tornemos seus filhos já é um ato de misericórdia, só tem mais, aqueles que se tornam filhos também se torna herdeiro das promessas de Deus:

Romanos 8:17 – “Ora, se somos filhos, somo também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiro com Cristo; se com ele sofremos, também com e,e seremos glorificados”.

Gálatas 3:6-7 – “E, por que vos sois filhos, enviou Deus ao nosso coração o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai! De sorte que já não és escravo, porém filho; e, sendo filho, também herdeiro de Deus.

I Pedro 1:3-4 “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, incontaminável e que se não pode murchar, guardada nos céus para vós”.

A pergunta que fez a me mesmo quando pesquisava esses versículos, deve ser a sua, qual é a herança o que Deus tem ainda para me dar, a herança é a vida, vida eterna com Ele nos céus.


CONCLUSÃO

As Escrituras Sagradas é o livro que possui a respostas para todos os nossos questionamentos e conflitos internos e externos, mesmo em assuntos em que não é o seu propósito, ela deixa os seus princípios: na Sociologia, Filosofia, Astrologia e etc.
Neste estudo, Deus não só revelou quem são os seus filhos, mais também, o amor que Ele tem para conosco que fomos os únicos na criação que tem as suas características. Deus na sua grande misericórdia e graça, quer que todos os seus venham desfrutar do seu amor de Pai e dar a sua herança que é a vida eterna, basta somente você crer em Cristo como único salvador e ler a bíblia para conhecê-lo mais.

4 de maio de 2013

Como o inferno glorifica a Deus?

Como o inferno glorifica a Deus? 

 James M. Hamilton Jr.
      Para chegar à forma que o inferno glorifica a Deus, precisamos ver o inferno à luz da grande história da Bíblia, seu ponto de vista, e sua caracterização de Deus e do homem. A grande história da Bíblia O enredo da Bíblia, como todos os enredos, tem um começo, meio e fim.

 Início:

      Deus cria um lugar perfeito e coloca um homem e uma mulher inocentes nele. Deus estabelece os termos e afirma claramente a conseqüência de transgredir seus termos. Um inimigo está com a mulher inocente. Ela acredita na mentira, quebra os termos de Deus, e os pecados do homem com ela. Deus amaldiçoa o inimigo e inicia as conseqüências da transgressão, amaldiçoando a terra também. Na maldição sobre o inimigo, Deus afirma que a semente da mulher pisaria a cabeça do inimigo, enquanto o inimigo feriria calcanhar da semente. O homem e a mulher são, então, afastados do local perfeito. 

Meio:

                 A humanidade foi dividida em dois grupos: a semente da mulher e a semente da serpente, o justo e o ímpio. A semente da mulher é inicialmente um subconjunto da nação de Israel, uma linha de descendência que Deus escolheu para abençoar. Eles experimentam um re-fazimento do início do enredo. Deus coloca-os na terra prometida e determina as leis. Eles transgridem os termos e são banidos dessa terra, mas Deus continua a promessa de que o inimigo será derrotado, mesmo que através da dolorosa expiação da semente da mulher. 

Então Jesus vem como a semente prometida da mulher. Ele esmaga a cabeça do inimigo e o inimigo golpeia seu calcanhar – Morre na cruz. Porque ele é inocente e tem resistido a todas as tentações, a morte não pode segurá-lo. Ele triunfante vence a morte, satisfaz a ira de Deus contra o pecado e abre o caminho da salvação para todos os que confiam nele. 

Fim:

            Criação será como uma mulher em sofrimento de trabalho de parto – os ímpios atacam ferozmente os justos, que confiam em Deus e testemunham a verdade de Deus até serem mortos. Isso continuará até que Jesus volte. Quando Jesus voltar, Ele julgará os ímpios e destiná-los-á ao castigo eterno, e ele vai ter aqueles que acreditam na palavra de Deus e no testemunho de Jesus em um lugar melhor, novo e perfeito. 

A Bíblia nos dá o ponto de vista de Deus

              Essa trama não é apenas uma história: ela apresenta o ponto de vista de Deus sobre 
o mundo. Pense comigo sobre na Bíblia sobre o ponto de vista e a perspectiva dos autores bíblicos.

 Seu ponto de vista é que Deus estabeleceu os termos e Deus está com a razão. Aqueles que rejeitam os termos de Deus estão errados e enfrentarão as conseqüências que Deus declarou quando ele definiu a lei. Além disso, a Bíblia não só representa o ponto de vista dos autores bíblicos, que afirmam falar em nome de Deus. Ou seja, a Bíblia afirma apresentar o ponto de vista de Deus sobre o assunto. 

Sobre Deus, homem e nosso estado perante Deus

            Como os personagens da Bíblia são apresentados?

 Eles são principalmente apresentados por meio de suas palavras e ações, mas a Bíblia também avalia seu caráter. Vamos pensar de forma breve como a Bíblia caracteriza Deus, os seres humanos e Jesus. 

A Bíblia ensina que Deus sempre faz e diz o que é certo. Ele sempre cumpre sua palavra. Nada pode contrariar a sua finalidade. Ele é livre e bom. A Bíblia sempre diz quão justo Deus é. Ou seja, a Bíblia sempre mostra que Deus é justo. Paradoxalmente, a Bíblia também mostra que Deus é misericordioso. 

Por outro lado, todos os seres humanos fazem e falam o que é errado, o que denuncia uma falta de fé em Deus. Por palavras e atos humanos transgridem os mandamentos de Deus. Os seres humanos contaminaram a boa criação de Deus, perverteram seus bons dons, e em todos os sentidos atacaram ao Deus que lhes deu vida e tudo que é bom. Por isso, todos os seres humanos merecem condenação.

 Como dito acima, existem dois grupos de seres humanos. Um grupo caracteriza-se por confiar em Deus, concordando com seus termos, confessando terem quebrado os mandamentos, se afastando de suas transgressões, e procurando acreditar nas promessas de Deus para que possam viver de acordo com seus termos. O outro grupo rejeita a Deus e seus termos, se recusa a admitir sua culpa, se recusa a se afastar do mal, e junta-se ao lado do inimigo. 

Jesus mostra por suas palavras e atos que ele é plenamente humano e Deus. Jesus nunca transgrediu os mandamentos de Deus. Ele é o herói. Ele salva. Ele deu a si mesmo em favor dos outros. Qualquer um que se oponha ou rejeite-o é oposição e rejeição à bondade e amor. Qualquer pessoa que se opõe e rejeita merece condenação. Aqueles que recebem e se juntam a ele, no entanto, fazem-no em seus termos, que são termos de Deus, e que implica confissão de pecado, arrependimento e confiança em Jesus. 

Como o inferno glorifica a Deus?

            Como é que tudo isso ajuda-nos a ver como o inferno glorifica a Deus?

 Este mundo é a história de Deus. Ele sustentou por sua palavra, e ele continua sustentando porque ele continua falando. [2] O universo é sustentado pela palavra do seu poder. É o seu enredo. Ele é o autor cujo ponto de vista é comunicada na Bíblia e cujas caracterizações definem os participantes do drama.

 O inferno é sobre o cumprimento da palavra de Deus. Que Deus envia os ímpios para o inferno mostra que Deus é fiel e justo. Se Deus não impõe os termos que ele criou, ele não mantém sua palavra e ele é infiel. Se ele não envia os ímpios para o inferno, ele não confirma seu próprio padrão justo, e ele não é justo. Se ele não punir os rebeldes no inferno, os justos não estão vingados. Na verdade, se não há inferno, podemos concluir que os justos estavam errados por terem confiado em Deus.

 Mas há inferno, e os justos são sábios por confiarem em Deus. O inferno mostra a glória da justiça de Deus. O inferno vindica aqueles que obedecem os termos de Deus, mesmo que eles sofram terrivelmente para o fazê-lo. O inferno vindica os justos que foram perseguidos pelos ímpios. Inferno glorifica a Deus. 

Você tem alguma objeção a isso? Você pode muito bem estar com Shere Khan contra Rudyard Kipling. Ou ainda, você tem tanta chance de alterar o enredo, o ponto de vista, ou a caracterização quanto Sauron tem chance de mudar a mente de Tolkien. Isso não vai acontecer. Você é uma criatura na obra do Criador. Aceite isso. Ele é o Criador, não você. Como podemos levar a sério aqueles que se opõem ao inferno ou tentam reescrever a história até que o inferno não faz parte dela? Tão a sério como nós tomamos Hamlet criticando o trabalho de Shakespeare. Hamlet não tem existência independente. Ele só pode criticar Shakespeare se o autor decide escrever essa cena.

 Deus criou um universo no qual a sua misericórdia tem sentido justamente porque não anula a sua justiça. Para que Deus seja justo e estender misericórdia, ele deve manter sua promessa de punir a transgressão. Na apresentação da Bíblia sobre a verdadeira história do mundo, Deus defende a justiça na cruz e no inferno. Jesus morreu na cruz para estabelecer a justiça de Deus e garantir que aqueles que se arrependem dos pecados e confiam em Cristo recebam misericórdia que também é justo. Deus castiga os ímpios no inferno para defender a justiça contra todos os que se recusam a se arrepender dos pecados, o glorificá-lo como Deus, e dar graças a ele.

 Em suma, o inferno glorifica a Deus, porque:

 * Mostra que Ele mantém a sua palavra;
 * Mostra o seu valor infinito, que dura para sempre;
 * Demonstra o seu poder de subjugar todos as que se rebelam contra ele;
 * Mostra como indizivelmente misericordioso Ele é para aqueles que confiam nele;
 * Defende a realidade do amor, dando justiça contra aqueles que rejeitam a Deus, que é o amor;
 * Reivindica todos os que sofreram para ouvir ou proclamar a verdade da palavra de Deus; 
* E mostra a enormidade do que Jesus realizou quando ele morreu para salvar todos que confiam nEle para o inferno que merecia. Se não houvesse inferno, não haveria necessidade de uma cruz. 

Traduzido por Rafael Bello 
Fonte: iprodigo.com 

Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

3 de maio de 2013

Campanha de Oração

Em maio... Venha orar conosco 

Campanha de oração de 01 a 31 de maio vamos:


Lucas 11: 9-13

"Por isso, vos digo: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e a quem bate, abrir-se-lhe-á. Qual dentre vós é o pai que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou se pedir] um peixe, lhe dará em lugar de peixe uma cobra?  Ou, se lhe pedir um ovo lhe dará um escorpião?  Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais o Pai celestial dará o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?"
 (Almeida Revista e Atualizada) 



Faça já o seu pedido de oração! Estaremos orando por ele durante toda a Campanha de Oração.

6 de março de 2012

Conferência Bíblica para Mulheres

A Ir. Ivaldirene da Igreja Batista Regular Fonte de Luz esta compartilhando os estudos da Palavra de Deus neste dia.
Estamos aguardando com muita oração.
Ir. Ivaldirene

Batismo no dia 26 de Fevereiro

No dia 26 de fevereiro realizamos o batismo das irmãs, Milene, Silvinha, Paloma e Mayara, após percorremos uma caminhada de preparo, e espera de mais de 6 meses. Estas irmãs se mostraram fieis ao Senhor e a sua palavra e neste dia puderam dar este grande testemunho.
Tivemos muitos irmãos prestigiando este momento.
Confira nas fotos













 Mayara
 Milene
 Paloma
Silvinha

Culto Evangelístico no Poço de Pedras

Este ano resolvemos intensificar as atividades na Congregação Batista Regular no Poço de Pedras. As atividades são realizadas somente nas terças feiras, e este ano realizaremos cultos evangelísticos nas ultimas sextas-feiras de cada mês, a SAF realizará uma atividade por mês, a SMM realizara uma atividade por mês, e o nosso pequeno grupo de jovens também estará envolvido nas atividades da congregação.
Confira fotos do 1º culto em fevereiro




Missionária Cris


JUAZEIRO DO NORTE, 2012

Amados irmãos, sou grata pelo que Deus tem feito na minha vida através desse projeto, Deus tem me ensinado que Ele é o Sustentador, é Aquele que supre em todos os momentos.
Já tirei o gesso do pé e estou no processo de recuperação, fazendo fisioterapia, e pela graça de Deus está tudo bem.
Ainda estou esperando pela resposta da Missão Maranata quanto à filiação, os planos continuam os mesmo de ir em maio conhecer o Campo
Boliviano. (Recebeu a noticia na tarde de sábado dia 03/03)
Então gostaria de agradecer de uma forma especial pela cooperação que vocês têm dado a esse projeto. Continuem orando pelo povo boliviano para que Deus abençoe essa nação, que a cegueira desse povo possa ser substituída pelo conhecimento do verdadeiro evangelho.
Nessa semana li um devocional que gostaria de compartilhar com os amados irmãos e vi uma reflexão que fala sobre missões o autor chamar a nossa atenção para nossa responsabilidade em mostrar a glória de Deus.
O tema do devocional é: O QUE ESTAMOS FAZENDO?
Fomos colocados nesta terra nos dá a responsabilidade é fazer a glória de Deus conhecida onde quer que estejamos. “Que nossas vidas sejam um “mostrar e falar” a glória de Deus”. Leitura bíblica: I coríntios 10:31-11.1.
Que possamos estar fazendo da nossa vida algo que glorifique a Deus.
Que Deus abençoe a amada igreja.

Pedidos de Oração
• Pela recuperação ( fisioterapia);
• Ore pelo processo de filiação a Missão Maranata
• Pela saúde dos meus pais, exames que meu Pai precisa fazer
• Agradeçam pela minha mãe que tem sido um grande apoio nesse projeto;
• Meu crescimento espiritual;
• Agradeçam por todas as igrejas que colaboram com esse projeto
• Pelo sustento

Em Cristo,
Cris Siebra...

Aniversário de 36 anos de Ministério Batista Regular de Campos Sales

Nestes dias nos alegramos imensamente com a presença do Missionário Bill Kettlewell um dos homens usados por Deus para iniciar esta tão grande obra em Campos Sales.
Os irmãos de nossa igreja estiveram bastante ativos nos três dias feste. Para glória de Deus tivemos um publico participando destes três dias de quase 300 pessoas. Houve duas conversões em breve posto fotos deles aqui.
Os irmãos da Congregação Batista Regular no Poço de Pedras nossa congregação estiveram conosco. Também tivemos a participação dos irmãos das nossas igrejas do Cariri Oeste e dos Inhamuns.
Confira as fotos 




2º Dia de Conferência





3º Dia de Conferência










13 de fevereiro de 2012

Liderança da Igreja para 2012

 Ministério de Tesouraria - Cleonice e Kelly
 Ministério de Secretária- Gardência e Flávio
 Ministério de Diaconato- Mariano e Mauro

 Ministério de Escola Bíblica- Mariano, Airon, Pr. Marcelo, Neiva, Anne Silvinha, Hilda, Mauro e Cleonice 
 Ministério de Missões e Evangelismo- Neiva, Hilda, Marcos, Flávio, Lidío
 Ministério d Recepção- Milene, Fátima, Kelly, Lourdes, Nadya, Elisa, Carlos, Osvaldo
 Ministério de Louvor - Cleonice, Mariano, Airon, Anne, Fátima, Elisa, Alex, Lídio, Osvaldo
 Ministério de Eventos e Ornamentação - Gardênia, Milene e Carla
Ministério Infantil - Anne 

Ministério de Rádio - Alex, Cleonice, Marcos

 Ministério Multimidia - Airon, Marcos, Mauro, Nadya,
 Ministério de Socorro - Marcos, Hilda, Milene, Lourdes e Carlos
Toda 1ª Igreja Batista Regular de Campos Sales
Em algumas fotos faltam alguns irmãos que fazem parte do ministério. 

Contato com você!